b2b engajamento

Em momentos de instabilidade econômica as empresas precisam mais do que nunca reavaliar seu planejamento e pensar em novas estratégias para evitar e reduzir impactos negativos  nas suas equipes. Isso envolve diretamente o setor de Recursos Humanos: durante uma crise é primordial que a empresa concentre seus esforços na gestão estratégica de pessoas para manter os objetivos sempre alinhados. Listamos algumas maneiras de incentivar e reforçar sua equipe de trabalho em um cenário econômico instável:

  1. Seja claro com seus objetivos e fortaleça os laços das equipes. Para colocar em prática o novo planejamento, os líderes devem utilizar uma comunicação clara e objetiva, de modo a ser absorvida rapidamente pelos colaboradores e não atrasar nenhum processo. Uma forma eficaz de difundir estas ideias é através de eventos de integração objetivando, sobretudo, fortalecer laços de respeito, confiança e trabalho em equipe. Existem diversas formas de organizar uma ação criativa e de baixo custo para gerar engajamento entre as equipes. Lembre-se, todos devem remar na mesma direção.
  2. Intervenha imediatamente. As mudanças de estratégia devem ocorrer de forma rápida, nunca perdendo o foco e se adaptando às diversas variações que o mercado apresenta. Os líderes devem estar sempre acompanhando informações em tempo real, para assim elaborar rapidamente a melhor estratégia e contornar as situações adversas. Nunca podemos esquecer que para os funcionários se adaptarem melhor às mudanças, é necessário que esteja claro o motivo delas, transparência é fundamental.
  3. Jogue abertamente. Não esconda de sua equipe a realidade do mercado e da empresa. Os funcionários se sentem mais seguros e confiantes no momento em que sabem sobre a real  situação interna e externa. Esclareça o motivo das novas prioridades, só assim haverá o engajamento necessário para que todos lutem pela mesma causa.
  4. Reduções de custos são bem vindas desde que não altere o desempenho das equipes. Perante um cenário econômico desfavorável, algumas empresas partem do princípio que a solução é o corte de funcionários. Porém essa medida deve ser adiada ao máximo, pois peças chave para o bom desempenho das equipes podem ser removidas, sem contar a sobrecarga de trabalho que os funcionários remanescentes receberão. Se possível, estabeleça uma estratégia de pagamento por desempenho, isso incentivará o colaborador a dar o máximo de seu potencial.
  5. Avalie o quão impactada sua empresa está e invista em sua equipe. Aumente a produtividade de sua equipe investindo nela ainda mais. Proporcionar a participação dos funcionários em treinamentos, workshops, palestras e eventos do setor fará com que eles se sintam ainda mais valorizados e retribuam em dobro, além de estarem mais capacitados, o sentimento de gratidão aumentará seus desempenhos.
  6. Todas estas ações foram realizadas e algumas demissões são inevitáveis? Se você já empregou todas as estratégias acima, foi possível identificar quem está de fato comprometido com as causas da empresa e remando na mesma direção, não é mesmo? Sendo assim, fica mais simples de tomar as decisões sobre quem continuará na empresa contribuindo para contornar esta fase turbulenta.

Tente entender as necessidades e anseios de seus funcionários para descobrir outras formas de manter sua equipe motivada mesmo em situações de pressão e momentos desfavoráveis. Empregando algumas ações simples e eficazes é plenamente possível a união de todos para atravessar crises das mais variadas dimensões.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *